Muito consumido no mundo inteiro, o café vem tomando cada vez mais espaço na sociedade, estando muito relacionado com momentos de socialização também. Quem não gosta de sentar num bistrô e tomar um café com os amigos?

Há um ditado árabe que diz: “ O café deve ser quente como o inferno, preto como a noite e amargo como o remorso”. Se consumido na quantidade correta, o café nosso de cada dia pode trazer e muitos benefícios à nossa saúde. O que vai estar determinando será sempre o volume bem como a forma de preparo/consumo.

Um dos seus benefícios:

– Bom pra memória

– Combate à depressão

– Presença de fitoquímicos com excelente efeito antioxidante e assim combatendo radivais livres

– Efeito estimulante do Sistema Nervoso Central, dando mais sensação de energia

– Contém vitaminas do complexo B, aminoácidos, carboidrato, e minerais como potássio, cálcio

E a cafeína? Por que tão falada?

Estudos realizados em animais e em humanos apontam que a ingestão de cafeína, aumenta a taxa de lipólise (quebra de gordura). Esse estímulo ocorre através da liberação de epinefrina. Ou seja, ajuda a emagrecer SIM, porém deve estar aliada à boa alimentação e prática regular de atividade física.

A cafeína também facilita a atividade motora pois estimula os motoneurônios, o que faz o indivíduo desempenhar suas atividades com mais agilidade.

Apesar de tantos benefícios devemos ter cautela com a ingestão, e essa não deve ultrapassar 03 xícaras/dia. Seu abuso pode interferir no sono, causar irritabilidade, além de poder aumentar o excesso de eliminação de cálcio na urina, reduzir a absorção de ferro e ser irritante gástrico.

Atenção também para o açúcar ou adoçante utilizado, o ideal seria consumí-lo na sua forma natural.