Suor: existe alguma relação com gasto calórico?

Talvez uma das maiores associações errôneas que as pessoas fazem diz respeito a relação direta entre quantidade de suor e o gasto calórico de uma atividade física. Já perdi as contas de quantas vezes alunos falaram para mim: ” Nossa professor, hoje eu gastei bastante caloria. Olha como a minha camisa está suada!”. Essa associação está tão irraizada que já me pediram para desligar o ventilador e o ar condicionado para poder suar mais e gastar mais caloria.

Relação entre Suor e gasto calórico

Quando nos exercitamos o nosso corpo produz calor (resultado da aceleração do metabolismo, para produzir a energia necessária para realizar a atividade física). Porém esse calor tem que ser dissipado, para que o corpo continue funcionando de forma ótima. O suor é um dos mecanismos que o nosso corpo dispõe para manter a temperatura corporal dentro de parâmetros de segurança.
O que faz a maioria das pessoas acreditar que quanto maior a quantidade de suor maior serão as calorias queimadas é o seguinte: quanto maior a intensidade de exercício, maior a quantidade de calor gerada, e maior a quantidade de suor produzida para dissipar esse calor. E todos nós sabemos que quanto maior a intensidade do exercício, maior será o gasto calórico (isso pensando que o tempo de exercício permanece o mesmo). Porém esse raciocínio de relação entre suor e gasto calórico é incompleto pois não considera a interferência da temperatura e da umidade do ambiente.
Em dias quentes e úmidos suamos mais do que nos dias frios e secos porque o calor só é perdido quando o suor é evaporado da pele. Nos dias quentes e úmidos a evaporação é menor, fazendo com que o corpo produza uma quantidade maior de suor para tentar diminuir a temperatura corporal interna, mas a maior parte desse suor se acumula em nossa pele e roupas. Já em dias frios e secos a evaporação é facilitada, uma menor quantidade é produzida e pouco suor se acumulando em nossas roupas.
É por isso que recomendamos a utilização de roupas leves durante a atividade física: para que o suor seja mais facilmente evaporado. E esse também é o motivo para prestarmos atenção na hidratação, para repor os líquidos perdidos durante a atividade física evitando a desidratação.
Realmente existe uma certa relação entre o suor e gasto calórico durante um exercício, mas há outros fatores que devem ser considerados. Procure sempre um profissional para te ajudar na avaliação da sua sáude!
Professor e Personal Trainer – Daniel dos Santos