Treinar não tem idade: exercícios físicos para terceira idade

Você já se sentiu motivado ao ver um idoso correndo ou praticando alguma atividade física? A cada dia vemos mais esse tipo de cena. A prática de exercícios físicos para terceira idade tem se tornado cada dia mais comum, e você, já está se preparando para essa fase da vida?

Praticar atividades físicas não tem idade, ela traz diversos benefícios e para os idosos isso não é diferente: eles só têm a ganhar . Dessa forma, treinar em academias pode ser uma ótima opção para os idosos.  

A população idosa do Brasil cresceu significativamente nos últimos anos. De acordo com um estudo, que contém informações do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a proporção de pessoas com 60 anos ou mais no Brasil passou de 9,8% para 14,3%, entre 2005 e 2015. Dessa forma, na medida em que a expectativa de vida aumenta cresce também a prática de atividade física.

Quais os melhores exercícios físicos para terceira idade?

Para a OMS (Organização Mundial de Saúde), exercícios físicos para a terceira idade devem ser feitos sob cuidado profissional. Atividades leves e moderadas pode retardar distúrbios funcionais nos idosos, aumentando sua longevidade. De acordo com evidências e estudos, os idosos fisicamente ativos apresentam menores índices de doenças mentais, pois os exercícios físicos na terceira idade melhoram a saúde mental e contribui na gerência desse tipo de doença.

No entanto, durante a prática é recomendado que haja um acompanhamento mais próximo do idoso. Por isso, praticar atividade física em ambiente de academia pode ser uma boa estratégia. A musculação traz uma série de benefícios para quem tem mais idade e está entre os melhores exercícios físicos para terceira idade.

Ela fortalece os músculos e por isso favorece a retomada de atividades que poderiam ter sido deixadas de lado em outras ocasiões. Além disso, ela pode complementar ou substituir a ação de medicamentos e diminuir a pressão sobre as articulações, ajudando na prevenção da hipertensão, diabetes, obesidade.

Outro fator de benefício para o idoso é a melhora da autoestima, pois treinar em academia faz com que ele tenha contato com outras pessoas. Esses ambientes geralmente proporcionam diversas opções de atividades, como aulas em grupo que estimulam o convívio com o outro, fazendo com que a pessoa com mais idade amplie seu círculo de amizades.

Como começar e onde praticar os exercícios físicos para terceira idade?

Na academia Dynamo, em Juiz de Fora, por exemplo, existem diversas modalidades de exercícios físicos para terceira idade: desde as mais intensas até as mais calmas como a Dynamo Flex. Uma das vantagens de se exercitar em academia é que existem professores qualificados sempre monitorando a prática do exercício, o que faz bastante diferença principalmente para o idoso.

Para aquelas pessoas que não estão acostumadas a praticar atividade física, os exercícios mais indicados são os de menor impacto, como musculação leve e caminhada, por cerca de 30 minutos por dia.  Essas atividades vão aumentar a qualidade de vida dos idosos, melhorando o desempenho cardiovascular do organismo, mantendo a pressão arterial sob controle.

Assim como em qualquer idade, o principal também para o idoso é encontrar uma atividade física que lhe dê prazer, aquele exercício que o deixe confortável e satisfeito. O momento do exercício além de proporcionar um aumento da qualidade de vida também vai proporcionar prazer  para o dia a dia dessas pessoas.